terça-feira, 31 de dezembro de 2013

Feliz Ano Novo

Que 2014 nos traga, paz, amor, alegria, e, principalmente, CONSCIÊNCIA!

OM! Lokah Samastah
Sukhino Bhavantu!

Que todos os seres sejam felizes e bem-aventurados!


Assista:


www.youtube.com/watch?v=XA6dcdi--Ww

quinta-feira, 12 de dezembro de 2013

Consumismo Cego

"Acredita-se que para alcançar aceitação social, temos que agir igual aos outros. Todos, então, se tornam parecidos e desejam as mesmas coisas. As singularidades de cada um desaparecem, chegando a um ponto em que não dá mais para saber o que realmente se deseja ou o que se aprendeu a desejar."

(Regina Navarro)

Mais um Natal e a velha história, o velho comportamento, os velhos hábitos se repetem.
Muito oportunamente, um amigo nosso colocou esta foto no seu perfil do Facebook. Como diz o ditado, uma foto vale mais do que mil palavras; e a foto acima diz tudo: a turba, cega, vai às compras. Consumir e consumir, sem reflexão. Este é o espírito deturpado do Natal. Isto é o que fizemos com o Natal. 

Paremos um segundo, que seja, para refletir. Precisamos ir atrás da manada? Precisamos seguir os apelos mercantilistas? O que estamos festejando, afinal? 

Afora o consumismo desenfreado, outro contra-senso é participar da grande matança, principalmente de perus. É um grande massacre. E fazemos isto com o coração tranquilo de que estamos "enaltecendo a paz", estamos festejando condignamente aquele que nos trouxe a paz! 

É tempo de tirar as viseiras e observar quão hipócrita é o nosso comportamento. Além das embalagens bonitas de tenders, perus e presuntos existe um mundo cruel, de muita dor e sofrimento que os invólucros não mostram. Olhar para este mundo com profundidade, ver o que está além das coloridas aparências é urgente. Quanto mais as populações se tornam maciças, maior é a matança de animais e mais se desenvolvem fórmulas para que as crias (vistas não como crias, não como seres, mas como mercadoria) engordem mais rápido e dêem lucro mais cedo. Hormônios, alimentação artificial, espaços reduzidos, lâmpadas acesas, qualquer instrumento de tortura vale, desde que o animal consuma mais alimento e dê continuação lucrativa a essa indústria insana e selvagem.

Entretanto, pequenos sinais de mudança começam a aparecer, aqui e ali. O despertar começa a ocorrer. Leia o texto abaixo, publicado no Jornal Ganapati e em vários sites e blogs pró-vegetarianismo:

Padre nova-iorquino leva o veganismo e os direitos animais para dentro da Igreja

Frank Mann, um padre de Nova York, está causando uma verdadeira revolução em sua igreja. Recentemente, ele teve um despertar pessoal profundo para o sofrimento dos animais e, desde então, incorporou o veganismo e a defesa dos direitos animais em sua vida espiritual, visando um mundo mais justo e pacífico, inspirado por visionários como Dorothy Day e Thomas Merton, que têm mostrado compaixão e liderança moral em face da injustiça contra animais.
O padre afirma que, um dia, viu um outdoor na rua com duas imagens: um filhote de cão e um leitãozinho. Observando as duas imagens, o padre diz ter pensado, pela primeira vez, no que realmente diferenciava um e outro. “A mensagem saltou e agitou-se na minha alma. Por que amo um, mas como o outro? No dia seguinte, deixei de comer carne de qualquer animal (incluindo peixes). Continuando a olhar a mensagem do outdoor, pelo que parecia ser uma eternidade, eu pensei comigo mesmo: são porcos, vacas, galinhas e perus muito diferentes de gatos e cães?”

O religioso, através de seu contato com as pessoas, decidiu levar, além da palavra cristã, o amor e a compaixão aos animais em seus discursos.

“O que me angustia, no entanto, é a falta intrigante e angustiante de qualquer oposição clara e vocal à crueldade animal, dentro da Igreja. A Igreja sempre foi um campeão forte para a dignidade da vida humana em meio a uma cultura de morte e estou um pouco decepcionado e triste com a ausência de qualquer forma significativa, inspiradora e motivacional de pregação pelos animais, para escrever e ensinar questões tão urgentes como os direitos animais e seu bem-estar e segurança”, escreveu o padre no site The Tablet.

Padre Frank é um bom exemplo de como a compaixão e a consciência do direito à vida de cada animal faz parte, também, de uma vida espiritual sadia, independente de uma religião, crença ou seita.

Os animais fazem parte de nossa vida e escolher fazer parte, positivamente, da vida de cada um deles está nas suas mãos. Seja vegano e lute pelo fim da tortura e sofrimento de todos os animais. 

terça-feira, 26 de novembro de 2013

A Vida em Pleno

Diariamente criticamos o destino: "Por que foi este homem arrebatado a meio da carreira? E aquele, por que não morre, em vez de prolongar uma velhice tão penosa para ele como para os outros?" 

Diz-me cá, por favor: o que achas tu mais justo, seres tu a obedecer à natureza ou a natureza a ti? Que diferença faz sair mais ou menos depressa de um lugar de onde temos mesmo de sair?

Não nos devemos preocupar em viver muito, mas sim em viver plenamente; viver muito depende do destino, viver plenamente, da nossa própria alma.

Uma vida plena é longa quanto basta; e será plena se a alma se apropria do bem que lhe é próprio e se apenas a si reconhece poder sobre si mesma. Que interessa os oitenta anos daquele homem passados na inacção? Ele não viveu, demorou-se nesta vida; não morreu tarde, levou foi muito tempo a morrer! "Viveu oitenta anos!". O que importa é ver a partir de que data ele começou a morrer. "Mas aquele outro morreu na força da vida". É certo, mas cumpriu os deveres de um bom cidadão, de um bom amigo, de um bom filho, sem descurar o mínimo pormenor; embora o seu tempo de vida ficasse incompleto, a sua vida atingiu a plenitude.

"Viveu oitenta anos". Não, existiu durante oitenta anos, a menos que digas que ele viveu no mesmo sentido em que falas na vida das árvores. Peço-te insistentemente, Lucílio: façamos com que a nossa vida, à semelhança dos materiais preciosos, valha pouco pelo espaço que ocupa, e muito pelo peso que tem. Avaliemo-la pelos nossos atos, não pelo tempo que dura.

Queres saber qual a diferença entre um homem enérgico, que despreza a fortuna, cumpre todos os deveres inerentes à vida humana e assim se alça ao seu supremo bem, e um outro por quem simplesmente passam numerosos anos? O primeiro continua a existir depois da morte, o outro já estava morto antes de morrer!

Louvemos, portanto, e incluamos entre os afortunados o homem que soube usar com proveito o tempo, mesmo exíguo, que viveu. Contemplou a verdadeira luz; não foi um como tantos outros; não só viveu, como o fez com vigor.

Séneca, in 'Cartas a Lucílio'

terça-feira, 5 de novembro de 2013

Quem Adoece Primeiro: o Corpo ou a Alma?

Entrevista com o Dr. Jorge Carvajal, médico cirurgião da Universidade de Andaluzia, Espanha, pioneiro da Medicina Bioenergética.

QUAL ADOECE PRIMEIRO, CORPO OU ALMA?
A alma não pode adoecer, porque é o que há de perfeito em ti, a alma evolui, aprende. Na realidade, boa parte das enfermidades são exatamente o contrário: são a resistência do corpo emocional e mental à alma. Quando nossa personalidade resiste aos desígnios da alma, adoecemos.

SAÚDE E EMOÇÕES

Há emoções prejudiciais à saúde? Quais são as que mais nos prejudicam?


70 por cento das enfermidades do ser humano vêm do campo da consciência emocional. As doenças muitas vezes procedem de emoções não processadas, não expressadas, reprimidas.
O medo, que é a ausência de amor, é a grande enfermidade, o denominador comum de boa parte das enfermidades que temos hoje. Quando o temor se congela, afeta os rins, as glândulas suprarrenais,os ossos, a energia vital, e pode converter-se em pânico.


Então nos fazemos de fortes e descuidamos de nossa saúde?

De heróis os cemitérios estão cheios. Tens que cuidar de ti. Tens teus limites, não vás além. Tens que reconhecer quais são os teus limites e superá-los, pois, se não os reconheceres, vais destruir teu corpo.

Como é que a raiva nos afeta?

A raiva é santa, é sagrada, é uma emoção positiva, porque te leva à autoafirmação, à busca do teu território, a defender o que é teu, o que é justo. Porém, quando a raiva se torna irritabilidade, agressividade, ressentimento, ódio, ela se volta contra ti e afeta o fígado, a digestão, o sistema imunológico.

Então a alegria, ao contrário, nos ajuda a permanecer saudáveis?

A alegria é a mais bela das emoções, porque é a emoção da inocência, do coração e é a mais curativa de todas, porque não é contrária a nenhuma outra. Um pouquinho de tristeza com alegria escreve poemas. A alegria com medo leva-nos a contextualizar o medo e a não lhe darmos tanta importância.

A alegria acalma os ânimos?

Sim, a alegria suaviza todas as outras emoções, porque nos permite processá-las a partir da inocência.A alegria põe as outras emoções em contato com o coração e dá-lhes um sentido ascendente. Canaliza-as para que cheguem ao mundo da mente.

E a tristeza?

A tristeza é um sentimento que pode te levar à depressão quando te deixas envolver por ela e não a expressas, porém ela também pode te ajudar. A tristeza te leva a contatares contigo mesmo e a restaurares o controle interno. Todas as emoções negativas têm seu próprio aspecto positivo.Tornamo-las negativas quando as reprimimos.

Convém aceitarmos essas emoções que consideramos negativas como parte de nós mesmos?

Como parte para transformá-las, ou seja, quando se aceitam, fluem, e já não se estancam e podem se transmutar. Temos de as canalizar para que cheguem à cabeça a partir do coração. 

Que difícil! 


Sim, é muito difícil. Realmente as emoções básica são o amor e o medo (que é ausência de amor), de modo que tudo que existe é amor, por excesso ou deficiência. Construtivo ou destrutivo. Porque também existe o amor que se aferra, o amor que superprotege, o amor tóxico, destrutivo.

COMO PREVENIR ENFERMIDADES

Somos criadores, portanto creio que a melhor forma é criarmos saúde. E, se criarmos saúde, não teremos que prevenir nem combater a enfermidade, porque seremos saúde.

E se aparecer a doença?

Teremos, pois, de aceitá-la, porque somos humanos. Krishnamurti também adoeceu de um câncer de pâncreas e ele não era alguém que levasse uma vida desregrada. Muita gente espiritualmente muito valiosa já adoeceu. Devemos explicar isso para aqueles que creem que adoecer é fracassar.O fracasso e o êxito são dois mestres e nada mais. E, quando tu és o aprendiz, tens que aceitar e incorporar a lição da enfermidade em tua vida... Cada vez mais as pessoas sofrem de ansiedade. A ansiedade é um sentimento de vazio, que às vezes se torna um oco no estômago, uma sensação de falta de ar. É um vazio existencial que surge quando buscamos fora em vez de buscarmos dentro. Surge quando buscamos nos acontecimentos externos, quando buscamos muleta, apoios externos, quando não temos a solidez da busca interior. Se não aceitarmos a solidão e não nos tornarmos nossa própria companhia, sentiremos esse vazio e tentaremos preenchê-lo com coisas e posses. Porém, como não pode ser preenchido de coisas, cada vez mais o vazio aumenta.

Então, o que podemos fazer para nos libertarmos dessa angústia?

Não podemos fazer passar a angústia comendo chocolate ou com mais calorias, ou buscando um príncipe fora. Só passa a angústia quando entras em teu interior, te aceitas como és e te reconcilias contigo mesmo. A angústia vem de que não somos o que queremos ser, muito menos o que somos, de modo que ficamos no "deveria ser", e não somos nem uma coisa nem outra.O stress é outro dos males de nossa época. O stress vem da competitividade, de que quero ser perfeito, quero ser melhor, quero ter uma aparência que não é minha, quero imitar. E realmente só podes competir quando decides ser um competidor de ti mesmo, ou seja, quando queres ser único, original, autêntico e não uma fotocópia de ninguém. O stress destrutivo prejudica o sistema imunológico. Porém, um bom stress é uma maravilha, porque te permite estar alerta e desperto nas crises e poder aproveitá-las como oportunidades para emergir a um novo nível de consciência.

O que nos recomendaria para nos sentirmos melhor com nós mesmos?

A solidão. Estar consigo mesmo todos os dias é maravilhoso. Passar 20 minutos consigo mesmo é o começo da meditação, é estender uma ponte para a verdadeira saúde, é aceder o altar interior, o ser interior. Minha recomendação é que a gente ponha o relógio para despertar 20 minutos antes, para não tomar o tempo de nossas ocupações. Se dedicares, não o tempo que te sobra, mas esses primeiros minutos da manhã, quando estás rejuvenescido e descansado, para meditar, essa pausa vai te recarregar, porque na pausa habita o potencial da alma.

O que é para você a felicidade?

É a essência da vida. É o próprio sentido da vida. Estamos aqui para sermos felizes, não para outra coisa. Porém, felicidade não é prazer,é integridade. Quando todos os sentidos se consagram ao ser, podemos ser felizes. Somos felizes quando cremos em nós mesmos, quando confiamos em nós, quando nos empenhamos transpessoalmente a um nível que transcende o pequeno eu ou o pequeno ego. Somos felizes quando temos um sentido que vai mais além da vida cotidiana, quando não adiamos a vida, quando não nos alienamos de nós mesmos, quando estamos em paz e a salvo com a vida e com nossa consciência. Viver o Presente.

IMPORTANTE É VIVER NO PRESENTE

Deixamos ir-se o passado e não hipotecamos a vida às expectativas do futuro quando nos ancoramos no ser e não no ter, ou a algo ou alguém fora. Eu digo que a felicidade tem a ver com a realização, e esta com a capacidade de habitarmos a realidade. E viver em realidade é sairmos do mundo da confusão.

Na sua opinião, estamos tão confusos assim?

Temos três ilusões enormes que nos confundem:

Primeiro: cremos que somos um corpo e não uma alma, quando o corpo é o instrumento da vida e se acaba com a morte.

Segundo: cremos que o sentido da vida é o prazer, porém com mais prazer não há mais felicidade, senão mais dependência.. Prazer e felicidade não são o mesmo. Há que se consagrar o prazer à vida e não a vida ao prazer.

Terceiro: ilusão é o poder; desejamos o poder infinito de viver no mundo. 


E do que realmente necessitamos para viver? Será de amor, por acaso?

O amor, tão trazido e tão levado, e tão caluniado, é uma força renovadora. O amor é magnífico porque cria coesão. No amor tudo está vivo, como um rio que se renova a si mesmo. No amor a gente sempre pode renovar-se, porque ordena tudo. No amor não há usurpação, não há transferência, não há medo, não há ressentimento, porque quando tu te ordenas, porque vives o amor, cada coisa ocupa o seu lugar, e então se restaura a harmonia. Agora, pela perspectiva humana, nós o assimilamos com a fraqueza, porém o amor não é fraco. Enfraquece-nos quando entendemos que alguém a quem amamos não nos ama. Há uma grande confusão na nossa cultura. Cremos que sofremos por amor, porém não é por amor, é por paixão, que é uma variação do apego. O que habitualmente chamamos de amor é uma droga. Tal qual se depende da cocaína, da maconha ou da morfina, também se depende da paixão. É uma muleta para apoiar-se, em vez de levar alguém no meu coração para libertá-lo e libertar-me.. O verdadeiro amor tem uma essência fundamental que é a liberdade, e sempre conduz à liberdade. Mas às vezes nos sentimos atados a um amor. Se o amor conduz à dependência é Eros. Eros é um fósforo, e quando o acendes ele se consome rapidamente em dois minutos e já te queima o dedo. Há amores que são assim, pura chispa. Embora essa chispa possa servir para acender a lenha do verdadeiro amor. Quando a lenha está acesa, produz fogo. Esse é o amor impessoal, que produz luz e calor.

Pode nos dar algum conselho para alcançarmos o amor verdadeiro?

Somente a verdade. Confia na verdade; não tens que ser como a princesa dos sonhos do outro, não tens que ser nem mais nem menos do que és. Tens um direito sagrado, que é o direito de errar; tens outro, que é o direito de perdoar, porque o erro é teu mestre.

Ama-te, sê sincero contigo mesmo e leva-te em consideração. Se tu não te queres, não vais encontrar ninguém que possa te querer. Amor produz amor. Se te amas, vais encontrar amor. Se não, vazio. Porém nunca busques migalhas, isso é indigno de ti. A chave então é amar-se a si mesmo. E ao próximo como a ti mesmo. Se não te amas a ti, não amas a Deus, nem a teu filho, porque estás apenas te apegando, estás condicionando o outro. Aceita-te como és; não podemos transformar o que não aceitamos, e a vida é uma corrente permanente de transformações.


(Agradecendo a Marilu Martinelli o envio).

segunda-feira, 28 de outubro de 2013

Eclipse de 3 de Novembro - Portal de Energia


Uma mensagem de Selácia - 24 de Outubro de 2013

O Eclipse de 3 de Novembro, da lua nova, pode ser um dos portais de energia mais transformadores neste ano – para você e para toda a humanidade.
Os potenciais para grandes transtornos estão lado a lado com possibilidades de oportunidades significativas. Temos eclipses a cada ano, é claro, mas os Eclipses Solares em Escorpião, como o de 3 de Novembro não vêm todos os anos. O último assim foi em Novembro de 1994, há quase duas décadas, durante as fases anteriores do despertar espiritual global.

Com o processo acelerado do despertar em pleno andamento, este eclipse de Novembro promete ser um intenso catalisador para a mudança transformadora, em uma grande escala. Provavelmente, você sentiu pelo menos alguns impactos do eclipse lunar de 18 de Outubro. Em algum nível, provavelmente você está ainda processando estas energias caóticas – fazendo atualizações em sua vida pessoal e uma auto-reflexão do que precisa mudar.

Entre os eclipses, também, você está em um processo de adaptação a uma onda de novas energias que se revelam em todo o planeta, enquanto a humanidade se torna mais consciente dos impasses globais. Problemas e conflitos estão cada vez mais transparentes e urgentes. Esta tendência irá continuar, trazendo luz ao que não está funcionando e expondo problemas agora muito grandes.

Nos próximos dias que antecedem o próximo eclipse, queira prestar atenção às mudanças energéticas e as suas próprias respostas à causalidade. Na verdade, as coisas se intensificam em seu mundo externo, seus próprios desequilíbrios e negócios inacabados virão a sua atenção.

Observar estas coisas agora – e trabalhar com elas antes do nosso evento do portal de energia de 3 de Novembro com o Conselho dos 12 – irá ajudá-los a maximizar as oportunidades significativas do eclipse de 3 de Novembro.

CINCO PASSOS PARA SE PREPARAR PARA O PORTAL DE ENERGIA DO ECLIPSE

Primeiro, pense no que está acontecendo em sua vida, desde a última vez que tivemos um Eclipse Solar em Escorpião, em Novembro de 1994. Que evento ou término significativo ocorreu e que nova fase começou?

Em segundo lugar, desde que o próximo portal deve ser focado em inícios e términos significativos, considere o que precisa começar ou terminar em sua vida. Medite em temas que envolvam coisas físicas, conceitos mentais, situações de trabalho e relacionamentos. Convide a sua sabedoria superior para começar a revelar os detalhes do que você precisa liberar ou renovar, a fim de abrir caminho para um novo começo.

Em terceiro lugar, use insights recebidos do processo acima, faça uma lista do que precisa deixar para trás, ou talvez, refazer inteiramente em outra coisa. Por enquanto, não fique preocupado com a ordem de sua lista ou como você realizará o desapego. O importante é que escreva estas coisas no papel para ancorá-las em sua consciência.

Em quarto lugar, convide o seu espírito para lhe trazer esclarecimentos em relação a estas coisas, entre agora e o portal do eclipse. Este esclarecimento pode vir através de sonhos, de acasos da vida, ou durante momentos em que você reflete em sua lista sobre o que precisa liberar.

Em quinto lugar, em uma base diária, antes do portal do eclipse, considere o término dos seus temas principais – concentrando-se em alguns dos passos apropriados que você precisará dar. Lembre-se de que a fim de entrar em sua nova vida, você não pode trazer com você coisas ou situações que são impraticáveis – coisas que o impedem de ser tudo o que você pode ser. Não permita que esta velha bagagem o oprima. Apenas preste atenção ao que você descobre e comece o seu processo preliminar de deixar ir agora, antes do portal.

Quando você faz este processo adiantado e começa a mudar as coisas em sua vida, você abre a porta para entrar em um ciclo novo e mais expansivo. Lembre-se de que você merece isto. Saiba que o seu eu capacitado e agente de mudanças divino, está preparado para entrar nos novos inícios desta próxima fase. Confie nisto.

Fonte:

http://stelalecocq.blogspot.com/2013/10/cinco-passos-para-se-preparar-para-o.html
www.Selacia.com
 

O ECLIPSE SOLAR DE 3 DE NOVEMBRO: A REESTRUTURAÇÃO NA LUZ

Estamos agora na transição de um Eclipse Lunar (18 de Outubro) para um Eclipse Solar (3 de Novembro). Com a poderosa onda de energia de Julho/Agosto, isto criou um “clima’ de Energia muito intensa. O Eclipse Lunar, em Outubro, estava em Áries, e foi impactado por Urano em Áries, significando que muita energia imprevisível foi solta nas Grades.

Como vocês podem saber, os eclipses são sempre um momento em que as Grades da Terra são re-calibradas com os novos Códigos de Luz que chegam e, embora isto possa ser turbulento, o resultado é sempre positivo.

Assim é com estes dois eclipses, um Lunar e outro Solar.

O Eclipse Lunar permite a mudança na consciência interior e um Eclipse Lunar, em Áries com conexões com Urano, certamente derrubará muitas de nossas velhas idéias sobre Liderança e a energia do “Guerreiro” e abrirá caminho para algo novo.

Não é surpresa, portanto, que neste momento o Congresso dos Estados Unidos decidisse “interromper” a criação de perguntas sobre o governo e a economia, globalmente. O cenário está colocando algo novo para emergir na Consciência profunda do Coletivo.

O efeito de Mercúrio Retrógrado neste momento é também para que nos tornemos menos ativos e nos dê um espaço para integrarmos estas energias e permitamos que o Novo surja, à medida que avançamos para o segundo Eclipse de 3 de Novembro. Este é um Eclipse Solar em Escorpião.

Os Eclipses Solares permitem a re-calibração das Grades com os Códigos de Luz que trazem novas idéias e informações sobre o mundo exterior e como percebemos este mundo. Assim, um Eclipse Lunar e um Eclipse Solar trabalham juntos para superarmos velhas idéias, para trazer novas idéias e ativá-las nas Grades, ou na Consciência Coletiva do Planeta.

Neste caso, o Eclipse Lunar em Áries (um signo solar/ do fogo) e o Eclipse Solar, em Escorpião (um signo da água), formam uma tensão criativa e uma sinergia, movendo a energia em um nível muito profundo, tanto nos indivíduos, quanto no Coletivo.

O foco disto é então, observar como este próximo Eclipse irá nos afetar individualmente e também o Nível Coletivo. Assim, em primeiro lugar, algumas informações sobre a natureza do próprio Eclipse.

O Eclipse está em Escorpião, a casa que lida com questões internas muito profundas, a intuição e também, com os negócios e finanças na área pública (de acordo com a astrologia tradicional). Assim, mais uma vez, sem surpresas em relação a isto, as finanças são uma questão fundamental agora, e também pode ser para muitos de vocês que estão lendo esta mensagem.

Assim, no momento do Eclipse de 3 de Novembro, a Lua Nova estará a 16 graus de Escorpião, Mercúrio estará a 7 graus de Escorpião, Saturno estará a 13 graus de Escorpião e Vênus estará a 28 graus de Sagitário. Agora esta última parte da informação é importante, porque Vênus estará em alinhamento com o Centro Galáctico, em relação às energias do Eclipse.

As Principais Energias são a Lua Nova, trazendo as sementes do Novo, Mercúrio focando idéias e energia mental, e Saturno ativando as forças da Reestruturação. Além disto, assim como um bônus, temos o nodo norte da Lua a 7 graus de Escorpião também, adicionando uma dose de profunda liberação “Karmica” à mistura.

Assim, vocês podem ver agora que há uma energia muito profunda em torno do dinheiro, liderança, mudança, sentimentos muito profundos nos indivíduos e no Coletivo. Mas, o efeito de Vênus ao se alinhar com o Centro Galáctico é introduzir os Códigos de Luz do Conselho Galáctico, através de Vênus, o que terá um impacto nas energias de Vênus: da Beleza, da Harmonia e, sim, do Dinheiro!

Assim, olhando para esta poderosa mistura, parece muito provável que a “recalibração” que está ocorrendo, envolve a Economia e as Finanças e como nós, como indivíduos, relacionamo-nos com a Abundância e como originamos esta abundância em nossa Sociedade.

A um nível individual, isto significa que estaremos dirigindo um olhar profundo para as nossas “velhas” crenças sobre o dinheiro e as finanças, e nos permitindo pensar de maneira diferente. À medida que aceitarmos os novos “Códigos de Luz” do Centro Galáctico, seremos guiados a uma compreensão mais compassiva da Abundância e como ela pode ser criada em nossas vidas, como indivíduos. Neste processo, estamos nos despojando de velhas idéias e permitindo o Novo.

Podemos ter que desistir de idéias arraigadas que desenvolvemos em relação ao “trabalho pesado” e às “recompensas”, quando percebermos que estas não mais são verdadeiras. No século 21, aqueles que trabalham arduamente são muitas vezes aqueles que têm menos na vida.

Assim, é o momento para reconsiderarmos a maneira com que manifestamos a abundância como indivíduos, mas também, como compartilhamos esta abundância como uma sociedade, pois os dois estão conectados.

Na Quinta Dimensão, estamos todos conectados no Círculo da Vida e, assim, as questões da Economia e das Finanças afetam a todos nós, em algum grau. Ainda que estejamos “confortáveis”, não ficamos de fora da Família interligada da Vida no Planeta Terra. É uma questão que afeta a todos nós.

Assim, podemos esperar que estaremos enfrentando problemas profundos, relacionados as nossas próprias finanças e como nos relacionamos com a maior Comunidade Global. A Mudança é inevitável, como diz o Arcanjo Miguel.

O CAMINHO DO ECLIPSE... A ÁFRICA SE ELEVA.

A natureza deste Eclipse é o que se chama de “híbrido”. É parcialmente um Eclipse Total e parcialmente Anular, que é um tipo de Eclipse Parcial.

O Eclipse Total segue um caminho em toda a África Central, a partir das Florestas Tropicais do Gabão, através do Congo e da República Democrática do Congo, para a Uganda, Quênia e então a extremidade da África, Etiópia e Somália. O Eclipse Parcial cobre a maior parte da África.

Este é um Eclipse Africano e está despertando a África!

Em primeiro lugar, a área do Eclipse Total é a Floresta Tropical Africana principalmente profunda, um dos ambientes mais primitivos do Planeta. É um momento em que os “Códigos da Floresta” para a Nova Terra serão poderosamente ativados na África.

Mas, em outro nível, estes Códigos de Luz irão libertar a África da profunda escuridão que foi nela impulsionada no final do século 19 e início do século 20, e permitir que ela ressurja novamente na Luz.

A África é provavelmente o continente mais “ignorado’ no Planeta. Não se sabe muito sobre a história de um dos maiores continentes do Planeta, a não ser o que é dito como o ponto de origem da vida humana. Foi o “Mu” original... o primeiro continente que se expandiu para se tornar a Lemúria e então a Atlântida.

Ela mantém os poderosos Códigos originais da Criação, que foram detidos pelos Guardiões da Criação, os Guardiões Elohim da África. Estes Códigos da Criação estão prontos para serem liberados novamente às Grades, no momento deste Eclipse.

Esta liberação permitirá que os Guardiões e Criadores da Terra, que trabalham com os Elohim , acessem novamente a Biblioteca Holográfica, no Centro do Planeta.

Mas, retrocedendo no tempo, no final do século 19, no período da expansão do Império Anglo/Europeu/Americano, havia o que é conhecido como uma “Partilha da África”, em que os Colonizadores Europeus “agarraram” tanto do continente quanto eles puderam.

A África do Sul, após ter sido explorada pelos Portugueses, foi passada da Holanda para a Grã-Bretanha e se tornou uma colônia britânica, assim como a Suazilândia, Botswana, Lesoto, Zimbabwe e Zâmbia.

Os Portugueses se dirigiram para Moçambique e Angola. Os Alemães tomaram a Namíbia. Os Belgas tomaram o Congo, enquanto os britânicos também tomaram Quênia, a Uganda e a Tanzânia.

Enquanto tudo isto estava acontecendo, os Elohim Guardiões junto com os Guardiões das Grades Africanas, fecharam as grades e trancaram o acesso aos Códigos originais da Criação. E, assim, como o Lugar original da Luz e da “Mãe”, a África se tornou o “Coração das Trevas” e continuou a ser desde então.

Agora é o momento em que o “Coração” da África será ativado e a Luz retornará. Quando eu era mais jovem e estava envolvida em política antiapartheid, tínhamos um ditado que dizia: “África Mayibuye!”. Isto significa “África.. Que ela possa vir!” Era uma maneira de dizer que a África ressurgiria na Luz. Acho que este é o momento em que a África começará a se elevar na Luz!

Os códigos do Eclipse Solar dissolverão as sombras projetadas na África e ela começará a despertar para quem ela realmente é como um Continente. Os Novos Códigos de Luz trarão novas idéias sobre as Florestas Tropicais, sobre o Jardim original do Planeta, sobre a Mãe e cuidar da Sociedade e compartilhar a abundância.

Fonte: 

sexta-feira, 25 de outubro de 2013

Mães Más

"Uma mãe é capaz de ensinar mais do que cem professores."

(Textos Judaicos)


A mãe é o primeiro e o mais importante professor. Lamentavelmente, a maioria das mães hoje não tem tempo de educar os filhos, porque não vive em casa, dividindo com o homem o mercado de trabalho. Por viver fora, vive em permanente sentimento de culpa. Por viver em permanente sentimento de culpa, resolve o problema sendo permissiva, fazendo tudo o que os filhos querem. As consequências vêm depois.
Só para dar um pequeno exemplo: é comum se ver nas escolas crianças portando celulares. Elas gostam, querem, exigem. E os pais, sem grandes reflexões e sem querer desapontar os filhos, cedem. Apesar de estudos apontarem problemas, como é o caso das recentes pesquisas da Agência Francesa de Saúde (quem quiser pode ler no seguinte link do Diário da Saúde: http://www.diariodasaude.com.br/news.php?article=celulares-causam-efeitos-biologicos-exposicao-deve-controlada&id=9251&nl=nlds ).
Isto sem falar em outras complicações, advindas da falta de limites. Criança criada sem limites é adulto problema.
Reproduzo aqui, para nossa reflexão, este maravilhoso texto denominado "Mães Más":


Um dia, quando meus filhos forem crescidos o suficiente para entender a lógica que motiva os pais e mães, eu hei de dizer-lhes:

- Eu os amei o suficiente para ter perguntado aonde vão, com quem vão e a que horas regressarão.

- Eu os amei o suficiente para não ter ficado em silêncio e fazer com que vocês soubessem que aquele novo amigo não era boa companhia.

- Eu os amei o suficiente para os fazer pagar as balas que tiraram do supermercado ou revistas do jornaleiro, e os fazer dizer ao dono: "Nós pegamos isto ontem e queríamos pagar".
- Eu os amei o suficiente para ter ficado em pé junto de vocês, duas horas enquanto limpavam o seu quarto, tarefa que eu teria feito em 15 minutos.
- Eu os amei o suficiente para os deixar ver além do amor que eu sentia por vocês, o desapontamento e também as lágrimas nos meus olhos.
- Eu os amei o suficiente para os deixar assumir a responsabilidade das suas ações, mesmo quando as penalidades eram tão duras que me partiam o coração.

- Mais do que tudo, eu os amei o suficiente para dizer-lhes não, quando eu sabia que vocês poderiam me odiar por isso (e em alguns momentos até odiaram). Essas eram as mais difíceis batalhas de todas.

Estou contente, venci. Porque no final vocês venceram também! E em qualquer dia, quando meus netos forem crescidos o suficiente para entender a lógica que motiva os pais e mães; quando eles lhes perguntarem se sua mãe era má, meus filhos vão lhes dizer:

- "Sim, nossa mãe era má. Era a mãe mais má do mundo...".

As outras crianças comiam doces no café e nós tínhamos que comer cereais, ovos e torradas. As outras crianças bebiam refrigerante e comiam batatas fritas e sorvetes no almoço e nós tínhamos que comer arroz, feijão, carne, legumes e frutas. E ela nos obrigava a jantar à mesa, bem diferente das outras mães que deixavam seus filhos comerem vendo televisão. Ela insistia em saber onde estávamos à toda hora (ligava no nosso celular de madrugada e "fuçava" nos nossos e-mails). Era quase uma prisão! Mamãe tinha que saber quem eram nossos amigos e o que nós fazíamos com eles. Insistia, que lhe disséssemos com quem íamos sair, mesmo que demorássemos apenas uma hora ou menos. Nós tínhamos vergonha de admitir, mas ela "violava as leis do trabalho infantil". Nós tínhamos que tirar a louça da mesa, arrumar nossas bagunças, esvaziar o lixo e fazer todo esse tipo de trabalho que achávamos cruéis. Eu acho que ela nem dormia à noite, pensando em coisas para nos mandar fazer.Ela insistia sempre conosco para que lhe disséssemos sempre a verdade e apenas a verdade. E quando éramos adolescentes, ela conseguia até ler os nossos pensamentos. A nossa vida era mesmo chata! Ela não deixava os nossos amigos tocarem a buzina para que saíssemos; tinham que subir, bater à porta, para ela os conhecer. Enquanto todos podiam voltar tarde da noite com 12 anos, tivemos que esperar pelos 16 para chegar um pouco mais tarde, e aquela chata levantava para saber se a festa foi boa (só para ver como estávamos ao voltar).

Por causa de nossa mãe, nós perdemos imensas experiências na adolescência:

- Nenhum de nós esteve envolvido com drogas, em roubo, em atos de vandalismo em violação de propriedade, nem fomos presos por nenhum crime.

FOI TUDO POR CAUSA DELA!
Agora que já somos adultos, honestos e educados, estamos a fazer o nosso melhor para sermos "PAIS MAUS", como ela foi. EU ACHO QUE ESTE É UM DOS MALES DO MUNDO DE HOJE: NÃO HÁ SUFICIENTES MÃES MÁS!

(Dr. Carlos Hecktheuer - Médico Psiquiatra)

sábado, 12 de outubro de 2013

Dia da Criança

“De todos os presentes da natureza para a raça humana, o que é mais doce para o homem do que as crianças?” (Ernest Hemingway)

“O que se faz agora com as crianças é o que elas farão depois com a sociedade.” (Karl Mannheim)

“Guie uma criança pelo caminho que deve seguir e guie-se por ela de vez em quando.” (J. Bilings)

"A infância é o tempo de maior criatividade na vida de um ser humano". (Jean Piaget)

"A verdadeira natureza de um ser humano é divina. Essa natureza inata pode ser encontrada na criança; nessa fase ela não é afetada pelas atrações e pressões dos sentidos. Assim, a criança deleita-se em sua própria realidade - em contentamento, paz e amor. À medida que crescer, torne essa fase permanente, de modo que você possa levar uma vida em retidão (dhármica). Esse é seu dever." (Sri Sathya Sai Baba)

“Ainda acabo fazendo livros onde as nossas crianças possam morar.” (Monteiro Lobato)

“As crianças têm uma sensibilidade enorme para perceber que a professora faz exatamente o contrário do que diz”. (Paulo Freire)

“Um dos grandes pecados da escola é desconsiderar tudo com que a criança chega a ela. A escola decreta que antes dela não há nada.” (Paulo Freire)

“Educação é o que resta depois de se ter esquecido tudo que se aprendeu na escola”. (Albert Einstein)

“Todas as crianças nascem artistas, mas a dificuldade está em continuar a sê-lo quando crescem.” (Pablo Picasso)

“Não paramos de brincar porque envelhecemos, envelhecemos porque paramos de brincar.” (Nana, 103 anos)

“Ao brincar com a criança, o adulto está brincando consigo mesmo”. (Carlos Drummond de Andrade)

terça-feira, 1 de outubro de 2013

O DNA é Definitivo?

A cada dia, descobertas científicas e experimentos demonstram o quanto está errada a teoria de um DNA que determina tudo. Ao contrário, tudo pode ser mudado. O texto abaixo é bastante alentador e elucidativo.

Estilo de vida altera DNA e influencia metabolismo

Outrora visto como um registro definitivo a guiar o que acontece ou não com o corpo humano, hoje o DNA já é encarado com outros olhos por um crescente número de cientistas.
Já está bem estabelecido, por exemplo, que o estilo de vida induz alterações no DNA.

Seja feliz: seus genes agradecem e retribuem


Essas alterações podem ter efeitos específicos sobre o metabolismo, sendo benéficos ou causando danos nos órgãos ou doenças, dependendo do estilo de vida.
No decurso da vida, as influências ambientais e fatores de estilo de vida - como a dieta, o tabagismo ou a ingestão de bebidas alcoólicas - ou processos como o envelhecimento, induzem alterações bioquímicas no DNA.
Frequentemente, essas alterações levam à metilação do DNA, um processo no qual grupos metílicos são adicionados a segmentos específicos do DNA, sem alterar sua sequência.
Esses processos podem influenciar a função do gene, sendo conhecidos como epigenética.
Epigenética e metabolismo
Cientistas do Centro Médico Helmholtz (Alemanha) identificaram agora 28 alterações no DNA associadas a características metabólicas.
Este é o primeiro estudo de larga escala associando o epigenoma com metabólitos e genes modificados pelo estilo de vida.
O grupo analisou mais de 457 mil locais no DNA em busca de alterações bioquímicas, e comparou-as com as concentrações de 649 metabólitos diferentes.
A análise revelou que a metilação de 28 segmentos de DNA altera uma série de processos metabólicos importantes.
"Este estudo nos dá novas informações sobre como os fatores de estilo de vida podem influenciar o metabolismo através das alterações resultantes no DNA", afirmam Melanie Waldenberger e Christian Gieger.
"Agora podemos usar estes resultados para desenvolver novas abordagens diagnósticas e terapêuticas para doenças relacionadas com o estilo de vida, tais como o diabetes," concluíram.

Texto - fonte:

http://www.diariodasaude.com.br/news.php?article=estilo-vida-altera-dna-influencia-metabolismo&id=9186&nl=nlds

terça-feira, 17 de setembro de 2013

Novo Portal - Equinócio de 21 de Setembro

PREPARE-SE PARA O PORTAL DO EQUINÓCIO DE 21 DE SETEMBRO DE 2013.
(Mensagem de Selácia. 15 de Setembro de 2013)

O próximo Equinócio é um dos principais portais de energias que restam em 2013. Outros portais incluem o eclipse solar de Novembro, na Lua Nova. Quando experiencia cada um destes portais, você tem uma oportunidade de acelerar intensamente o seu crescimento espiritual e encontrar um novo equilíbrio em sua vida.

COMPREENDENDO OS PORTAIS DE ENERGIA

O que é um portal de energia? É uma poderosa janela do tempo em que você percebe mais sobre si mesmo e o seu mundo.
É um momento em que você pode se conectar de forma mais tangível com o espírito e com as forças invisíveis benevolentes – recebendo insights úteis sobre a direção de sua vida.
É um momento em que você tem níveis expandidos de ajuda para ultrapassar os seus obstáculos e na limpeza de coisas que já não mais lhe servem.
Ao se conduzir para um destes portais de energia, é comum experienciar um passeio de montanha russa, sentindo-se no topo do mundo em alguns dias e em outros dias se sentindo em desespero sobre o seu próximo passo.
Você também pode ter dores de cabeça e outros sintomas físicos inexplicáveis e desconfortáveis, pouco antes ou até mesmo na data do portal.
Se isto lhe acontecer, compreenda que você está processando energia, e enquanto faz isto, você pode se sentir cansado ou ter um desconforto temporário.
Como um profissional experiente, você aprende que estes sintomas temporários não são causas para alarme. Compreenda que você irá ultrapassá-los mais facilmente quando se interiorizar e participar dos processos espirituais destinados a elevar a sua frequência.
Sentindo-se bem esta semana, mas ainda tonto com os recentes altos e baixos? Aqui estão algumas perspectivas.

O RECENTE PASSEIO DE MONTANHA RUSSA

Seu recente passeio de montanha russa das últimas semanas realmente foi ainda mais intenso do que alguns ciclos que você experienciou em 2012.
Para compreender o motivo, lembre-se de que houve um enorme acúmulo de energias ao longo de 2012, levando ao Solstício de 21 de Dezembro de 2012.
No final de cada ciclo de altos e baixos ao longo de 2012, você poderia se ligar a uma frequência mais elevada de energia. Algumas vezes o sentimento era palpável. Outras vezes, você simplesmente sabia que a energia mais elevada estava lá, e se ligava intencionalmente a ela.
Este ciclo de altos e baixos aconteceu inúmeras vezes em 2012, e a cada portal de energia havia um impulso maior.
Há muitos equívocos em relação ao que a data do Solstício de 21 de Dezembro significou para a sua evolução espiritual, e certamente o que isto significa em termos práticos cotidianos tangíveis.
Sim, as energias a que você se ligou e ajudou a cocriar levando até o Solstício de 21 de Dezembro, foram de uma frequência mais elevada do que anteriormente – e você teve significativas oportunidades de crescimento espiritual indisponíveis em ciclos anteriores.
No entanto, o Solstício de 21 de Dezembro não foi o momento final em sua ascensão e em sua evolução espiritual.
Estas coisas acontecem em um processo ao longo do tempo. Isto demorou um longo tempo – incluindo o crescimento espiritual em inúmeras vidas passadas – para chegar à fase energética do crescimento espiritual em que agora você reside.
Não subestime o que o levou a conseguir isto. Não desconsidere a trajetória tempestuosa e muitas vezes, complicada – que você percorreu para chegar onde está hoje.
Você deve se honrar – e honrar onde esteve – por chegar a este ponto.
Tenha gratidão por ter sido capaz de ser um daqueles que puderam permanecer no caminho espiritual através de todas as incógnitas, todas as dúvidas e todo o terreno acidentado.
Fazer o que você tem feito requer grande mestria, grande dedicação e grande perseverança. Isto exige um grande amor próprio e confiança, também.
O seu, com certeza, não é um caminho para pessoas superficiais. Requer que você integre o espírito em sua vida diária, e que você aprenda a viver em seu coração, em vez de em seu ego.
É preciso um trabalho interno contínuo e auto-reflexão, que o seu ser esteja disposto a tratar de assuntos inacabados do seu passado. Este passado inclui esta vida, vidas passadas e até o impacto ao nível de DNA dos seus padrões ancestrais.

COMPREENDENDO OS ESTADOS AVANÇADOS NO CAMINHO

Ironicamente, o nível do trabalho interno associado a estados avançados no caminho espiritual é mais, não menos.
Por quê?
Somente quando você chega aos níveis mais avançados, você tem as qualidades espirituais da abertura, da vontade e do amor próprio necessários para investigar os níveis mais profundos do seu ser.
Somente então você pode ser bem sucedido ao abordar os bloqueios mais difíceis e mais ocultos para a sua iluminação.
Algumas pessoas em seus círculos podem estar em estágios iniciais em seu desenvolvimento espiritual. Você tem amigos que se afastaram. Algumas pessoas simplesmente não sabem como se comunicar com o “novo você” que está surgindo do seu processo de crescimento espiritual.

NINGUÉM É DEIXADO PARA TRÁS.

Não se preocupe em deixar as pessoas para trás. Ninguém é realmente deixado para trás no caminho espiritual – simplesmente há estágios individuais para cada pessoa.
Não há linha do tempo certa ou errada – cada pessoa desperta em seu próprio ritmo.
Seu papel como um transformador divino é permanecer corajosamente na vanguarda das grandes mudanças do mundo.
Você, através de sua própria presença e como vive a sua vida, será um farol para outros no caminho.
Alguns dos seus amigos e entes amados perceberão benefícios tangíveis de ser em torno do seu brilhante exemplo. Outros irão se beneficiar indiretamente, recebendo sementes vitais de transformação para um futuro despertar.
Lembre-se da grande cena com esta visão geral de 2012 a 2015.
Desde Junho de 2012, você esteve situado em um ciclo planetário incomum que catalisa uma mudança revolucionária, e este ciclo continua até março de 2015. Isto tem implicações de larga escala – para você, para todos a quem você ama, e para toda a humanidade.
No final, ninguém deixará de ser afetado por esta energia.
O que precisa mudar virá à luz.
Você está codificado nesta vida para percorrer o caminho como um agente de mudanças divino. Neste papel, você sabe intuitivamente que as revoluções que estão acontecendo agora – individuais e coletivas – são necessárias para realizar uma autêntica transformação.
Há tanta coisa que precisa mudar, mas isto simplesmente não poderá acontecer de um dia para o outro.
Você compreende que a Terra está em um ponto crítico – e que você se inscreveu para estar aqui, para mudar o equilíbrio para a luz.
Sua sabedoria interior sabe que há uma grande cena do que está se revelando agora, e você confia que está vivo agora para desempenhar um papel fundamental na reversão dos padrões do velho paradigma.
Agora, com  as correntes emocionais complicadas, você precisará encontrar uma forma contínua de se concentrar e se estabilizar.

O QUE É NECESSÁRIO AGORA

Para fazer isto de forma mais eficiente, você precisará estar ancorado, em seu coração, e conectado a sua sabedoria interior. Aproveite-se das oportunidades de ficar em silêncio, meditar e se reunir com outros focados no caminho espiritual. Pratique comunicações centradas no coração tanto quanto possa, com tantas pessoas quanto possa.
Passe algum tempo com outros agentes de transformação divinos, dando e recebendo um fluxo de inspiração, de apoio e de cooperação. Use estas experiências para ajudá-lo a abrir o seu coração e a sua mente de uma maneira totalmente inovadora.
Lembre-se de que você é uma parte integrante da transformação do planeta. As mudanças do mundo não estão apenas “lá fora” – elas estão acontecendo dentro de você.
A cada vez que você se torna mais auto-realizado e íntegro, catalisa uma onda de mudanças benéficas em todo o mundo.
A cada vez que você aprende a se amar um pouquinho mais do que antes – como quando você se permite ir da autocrítica ou da dúvida – o seu maior amor próprio se torna um farol para aqueles ao seu redor. As pessoas sentem isto e se beneficiam com isto, ainda que eles não possam senti-lo de forma tangível.
Da mesma forma, cada vez que você experimenta uma cura pessoal e se torna livre da limitação de padrões ao nível do DNA, você ajuda a curar a sua linhagem familiar e do mundo!

Créditos:

terça-feira, 10 de setembro de 2013

Liberte-se do Sistema

Libertemo-nos do sistema, libertemo-nos das amarras, dos condicionamentos, dessa grande bagagem de teorias, dogmas, ensinamentos prontos e empacotados que nos foi imposta como herança.
Todo o universo aguarda o nosso despertar!

OBSERVAR, OBSERVAR, OBSERVAR é uma das chaves muito importantes. É o princípio da meditação, é o único meio de sair da "consciência de manada" e despertar para uma realidade muito, muitíssimo mais ampla do que aquela que os foi mostrada. Tornar-se um observador pode parecer difícil, a princípio. Estamos acostumados a viver distraídos, em meio ao turbilhão de estímulos externos que recebemos a cada minuto. Mas pode ser aprendido. Habitue-se a vigiar seus pensamentos, os sentimentos que seus pensamentos evocam, suas reações. Apenas observe. Perceba os pensamentos passarem pela mente. Não julgue, apenas observe. E um inevitável aprofundamento interno ocorrerá, com o tempo.

O vídeo abaixo é genial. Sair do sistema e assumir o controle das nossas vidas é a única tarefa realmente importante. Hoje, agora. Assista, copie o link, divulgue.

https://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=zfDw3rUkoyI

quarta-feira, 21 de agosto de 2013

Ativação de Portal em 25 de agosto

Transcrevo as informações que se seguem, para que possamos fazer uma grande corrente de amor durante a ativação desse novo portal!


Portal 2012 - EFEITO VIRAL 

Ativação de Portal da Paz em 25 de agosto de 2013 





Abre-se um portal muito importante no dia 25 de agosto trazendo uma grande infusão de Luz sobre as situações conflituosas na superfície do planeta.

Nesse dia acontecerá a próxima configuração astrológica em sextil deste verão (inverno no hemisfério sul), depois da de 29 de julho:

Esta configuração será mais poderosa que o grande sextil anterior, porque além do sextil Lua, Júpiter, Sol / Mercúrio, Saturno, Plutão e Netuno, o mapa astrológico de 25 de agosto também inclui uma cruz cardeal de Plutão, Urano, Júpiter e Vênus.

Assim, a ativação do Portal da Paz vai oferecer uma oportunidade única de transformar a tensão da quadratura Urano/Plutão (intensificada na data pela presença de Júpiter e Vênus na cruz cardinal) pelos efeitos de harmonização do grande sextil. Isto significa que todos os conflitos profundamente enraizados na superfície do planeta podem, finalmente, começar a resolver-se, se for atingida a massa crítica de 144.000 pessoas para a ativação do portal.

Dentro deste curto espaço de tempo precisamos alcançar o maior número de pessoas possível, para que a massa crítica de pessoas para realizar efetivamente esta abertura seja atingida. Por isso precisamos do efeito viral! Estudos científicos confirmaram os efeitos positivos da meditação em massa na sociedade humana, de modo que cada um de vocês que participar nesta meditação coletiva poderá realmente salvar vidas humanas:


A ativação será feita às 11h11min, horário do Cairo, em 25 de agosto, equivalentes a 11h11 na Europa Central, 10h11 no Reino Unido, 05h11 EDT, 16h11 CDT, 03h11 e 02h11 MDT PDT. Outros locais e outros fusos horários neste link:

Brasil - São Paulo às 18:10mim


Instruções para a meditação:

1- Relaxe corpo e mente, prestando atenção à respiração por alguns minutos;

2- Visualize uma coluna de luz azul elétrico, vinda do Sol Central Galáctico e, em seguida, descendo através de seu corpo;

3- Visualize essa luz fluindo através do seu coração, em seguida através de suas mãos e indo diretamente para o conflito na Síria, para o processo de libertação do Egito, para os campos de prisão da Coreia do Norte e de todas as outras situações não resolvidas no planeta, enchendo-os de Luz e eliminando toda a escuridão existente em cada um desses lugares;

4 – Invoque a presença da Deusa (divino feminino) para vir através de seu corpo;

5 – Peça à presença da Deusa que todas as energias de paz e harmonia sejam dirigidas diretamente para todas as situações não resolvidas e todos os envolvidos nelas. Permita que a energia flua através de seu coração (sagrado) e, em seguida, através de suas mãos enviando-as para as situações mencionadas por alguns minutos.

A Deusa quer a paz e a liberdade e a paz e a liberdade virão.

Atualizações sobre a Ativação do Portal da Paz:


(Fonte: Portal 2012  - Tradução: Cíntia Rabacal)

O que é um Portal?

Portais são aberturas. Significa mais Luz entrando e fixando-se na Terra.
A cada Portal que se abre, uma quantidade maior de Luz entra na Terra, trazendo novos impulsos, a fim de que a Humanidade siga rumo a mais uma etapa no seu processo de evolução. E toda vez que uma quantidade maior de energia entra no planeta nós podemos nos sentir diferentes, podemos sentir algumas alterações ou modificações em nossos corpos físicos, nas nossas emoções ou mesmo na nossa realidade. Isto acontece porque a Luz, de vibração mais elevada, entra reorganizando tudo o que esteja fora da Ordem Divina. Lembro a você que a Ordem Divina é Perfeita e Harmoniosa!


O que significa isso para minha vida?

Desde que nossa a evolução foi acelerada, há aproximadamente 30 anos, toda a Humanidade está sendo levada a realizar transformações em diversos aspectos. Tanto nos dias que antecedem a abertura de um Portal, quanto nos dias posteriores, eu percebo, em mim e nas pessoas ao meu redor, um movimento de transformação interna, acompanhado de mudanças externas, sempre num sentido positivo, quando cada um de nós se sente mais estimulado a buscar experiências que façam sentido em nossas vidas. Isto acontece porque quando nós nos aproximamos de nossas Almas e de nossos Verdadeiros Propósitos.

Sinto-me insatisfeito com a vida. Isso é consequência do Portal?

Nestes momentos somos impulsionados a olhar para as nossas vidas e observá-la a partir dos olhos da Alma. E então, podemos perceber que muitas coisas em nossas vidas estão “arrumadas” de um jeito que não faz mais sentido ao nosso Coração. A saída é deixar o velho, deixar ir aquilo que estava nos limitando, aquilo que estava nos deixando tristes, insatisfeitos e fora da nossa Essência Divina. 

Somos levados a questionar nossas vidas, nossas relações, nossas profissões e muito mais!
Somos levados a realizar mudanças há tanto adiadas, a fim de sermos mais felizes, plenamente felizes.

Nós nos sintonizamos um pouco mais com os nossos Seres de Luz e cada vez que nos sintonizamos com nossos Seres de Luz somos impulsionados a questionar a vida ao nosso redor, questionamos todos os aspectos da nossa existência e muitas vezes, junto com esse movimento, podemos nos sentir insatisfeitos com algum aspecto em nós ou ao redor de nós.

Nesse movimento é muito comum vivenciarmos certas situações, internas e/ou externas, com o objetivo de busca de fazermos maior conexão com o nosso Propósito de Alma.

Toda vez que resistimos à liberação do velho, deixamos de nos sintonizar com aquilo que nos satisfaz por completo.

Apenas dentro do Propósito de Alma nós nos sentimos plenamente felizes e satisfeitos.
E assim, vejo que estamos questionando nosso trabalho, nossas relações, estamos questionando a forma como enxergamos a vida!

É o momento de mais uma vez olharmos para dentro de nós mesmos e identificarmos aquilo que nos pareça Essencial e Verdadeiro. E seguir!

O que posso fazer para sofrer menos?

A melhor atitude é nos voltarmos para os nossos interiores, fortalecendo em nós a ideia de conexão com nossa própria Alma e nossos propósitos, pois é desta conexão que surge a força para continuarmos, a certeza de que estamos no caminho.
Sempre que se sentir insatisfeito com algo é porque a sua Verdade, a sua Essência Divina, a sua Alma não está manifestada ali. É porque seu Ser Interno não mais encontra conexão com seu coração.
Não tema, pois esse sentimento o levará a transformações positivas e você se sentirá melhor depois que agir de acordo com aquilo que você está sendo impulsionado a fazer.
Olhe os seus sentimentos de frente e pergunte-se: Qual é a minha Verdade nisso? Onde me encaixo nesta situação? Isso faz sentido para mim? Como posso tornar esse aspecto mais agradável para a minha existência? Busque recuperar os seus sonhos e caminhe transformando tudo aquilo que você não gosta na sua vida. Coloque mais alegria na sua vida e invista em atividades que te satisfaçam o seu Coração!
Quando estamos em sintonia com a nossa Essência interna, o Universo, Perfeito e Harmonioso, nos apoia e abre as portas em direção á nova maneira que escolhemos viver as nossas vidas.
(Recebido sem autoria)

segunda-feira, 19 de agosto de 2013

O UNIVERSO ÚNICO É ESPIRITUAL

Transcrevo esta excelente crônica reflexiva, assinada por Dárcio Dezolt - Blog Facho de Luz: 
Toda aparente complicação, vivenciada pela maioria da humanidade, se deve à crença fraudulenta de que Deus é Espírito, mas que vivemos em Universo material. A crença é absurda, mas, como Deus não é visto pela suposta mente humana, e como esta mente ilusória capta unicamente um suposto mundo material, esta crença dualista age livremente, e é, ainda por cima, aceita pela maioria com a maior naturalidade!

Uma estátua de alguma pessoa, por ser “matéria”, não sente dor; porém, se alguém bater o braço fortemente em algum lugar, reclamará de “dor no braço”, e o faz como se existisse “matéria dolorida”. Entretanto, de fato, a dor sentida estava na suposta mente humana! Se ela fosse anestesiada, o braço “deixaria de doer”, assim como um cadáver, por estar destituído da mente humana, jamais sente dor.

Não existem milagres, e sim a Verdade a ser conhecida! Quando alguém diz sentir dor, o primeiro passo é entender que “matéria” não sente dor, mas sim a ilusória “mente humana”. Por que é ilusória? Por ser um “estado de sono”, ou “estado hipnótico”, um estado ilusório que busca ocultar a Verdade de que DEUS, ESPÍRITO, É TUDO!

O entendimento renovado dos fatos é o “estudo da Verdade”, quando já não mais pensamos em alterar algo para melhor, em curar alguma pessoa ou modificar alguma condição: unicamente nos dedicamos a “contemplar a Deus” como Universo ÚNICO! Em outras palavras, unicamente nos dedicamos a VER AS COISAS, PESSOAS E FATOS COMO SEMPRE SÃO! ESPIRITUAIS, MANIFESTOS COMO PERFEIÇÃO ILUMINADA E ABSOLUTA! EXATAMENTE AQUI E AGORA!

Enquanto a “crença em dois mundos” for mantida, a Oniação espiritual e perfeita de Deus não poderá ser reconhecida como a totalidade de tudo e de todos!

Quando estes princípios são ditos, é comum alguém se aproximar, tocar uma parte do corpo e perguntar: “Você está dizendo que este braço carnal, que ambos estamos vendo, é ilusão? Está dizendo que a dor que eu sinto nele não existe? Que a pancada que nele levei foi irreal?” Eu costumo responder com a seguinte pergunta: “Você acredita que DEUS esteja vendo isso tudo que você relatou?”
Esta é a questão a ser levantada, porque o ensinamento absolutista revela que DEUS É TUDO, É ESPÍRITO, E O HOMEM VIVE INCLUSO EM SUA TOTALIDADE!
Se o suposto intelecto estiver pretendendo partir de seu “referencial hipnótico” dos fatos para entender a Verdade, as “aparências fraudulentas” serão vivenciadas como verdades, da mesma forma com que as imagens de um pesadelo infernizariam a vida de um sonhador, ilusoriamente identificado com o inexistente “corpo carnal” de seu sonho, que lhe pareceria ser “corpo real”, enquanto não houvesse o seu DESPERTAR!

Não há DOIS Universos! DEUS É O UNIVERSO ÚNICO! E É NELE QUE ESTAMOS TODOS, SEM EXCEÇÃO, EXATAMENTE AQUI E AGORA! Esta aceitação radical é o DESPERTAR. E por ser este o FATO ABSOLUTO, ele é o foco único de nossas “contemplações da Verdade”, quando deixamos de nos dividir entre “dois mundos”, “gerados” por uma ILUSÃO COLETIVA, para glorificarmos a DEUS COMO TUDO!!

CONTEMPLO A INTELIGÊNCIA INFINITA MANIFESTA COMO UNIVERSO ÚNICO, ESPIRITUAL E CONSUMADO! CONTEMPLO A MINHA EXISTÊNCIA COMO FILHO DE DEUS FORMADOR DESTE UNIVERSO DE LUZ! CONTEMPLO ESTE UNIVERSO PERFEITO COMO SENDO A MINHA CONSCIÊNCIA ILUMINADA, QUE UNICAMENTE PERCEBE A PRÓPRIA LUZ! CONTEMPLO A TOTALIDADE E UNICIDADE DE DEUS COMO SENDO O MEU MUNDO!

Dárcio Dezolt 

sábado, 13 de julho de 2013

Consumismo e Amadurecimento


Estive presente, recentemente, a uma palestra do Deputado Daniel Coelho, proferida a um pequeno grupo de ativistas ambientais. 

Tive ocasião de visitar sete vezes a Índia. E sempre foi motivo de perplexidade para mim, acostumada à violência urbana do Brasil, observar como as classes baixas indianas lidam com a desigualdade social. Andar na rua coberta de jóias é comum para as indianas ricas, que desfilam pelas vias abarrotadas de gente, com a tranquilidade de quem sabe que não vai ser atacada na primeira oportunidade. 

Fiz um paralelo entre minhas próprias ilações e a palestra. Mostrando dados da ONU, Daniel mostrou como a realidade dos fatos (estatisticamente falando) nos comprova que a violência não pode ser simploriamente explicada pelo grau de pobreza, haja vista países como a Índia ostentando índices de criminalidade flagrantemente inferiores aos índices de países ricos, como os Estados Unidos, por exemplo. Segundo ele, os fatores que influenciam são: familiares; valores religiosos e culturais e a relação de consumo

Para mim, ele foi "na mosca". A Índia é um país onde os valores religiosos e culturais estão extremamente arraigados. Para o indiano, inexiste uma religiosidade separada da vida cotidiana - a espiritualidade é algo bem mais amplo, que abrange absolutamente tudo (comer, vestir, falar, se portar no mundo), bem diferente da visão fragmentada ocidental. Conhecedor da lei universal do carma (lei de causa e efeito), o indiano teme o crime, porque quer preservar sua integridade perante o divino. Não que inexista criminalidade na Índia, existe, sim, mas levando em conta a imensa desigualdade social, é assombroso como esse nível é pequeno. Isto faz resvalar por terra as teorias socialistas que tentam explicar todos os problemas sociais pela desigualdade.

Na minha opinião, o mundo ocidental perdeu-se totalmente quando rendeu-se ao consumismo. Como bem explicou Daniel Coelho, o consumismo desenfreado é um dos fatores que geram o crime. Disseminou-se entre nós e arraigou-se na nossa mente o falso juízo de que precisamos "ter" para "ser". A propaganda maciça, permanente e insistente, incitando-nos a comprar e a consumir desenfreadamente, conseguiu o seu objetivo perante a maioria: acreditar que nossa felicidade está ali fora, naquele objeto sedutor externo. Então, precisamos fazer de tudo para conseguir atingi-la. Sem um embasamento forte espiritual, os valores humanos viram de cabeça para baixo e descambamos para a criminalidade facilmente. As drogas também estão aí, para dar um empurrãozinho.

Impossível não citar Sri Sathya Sai Baba, meu Sad Guru (aliás, indiano). Ele diz que o mundo não precisa de novas religiões, mas de valores humanos. Aqui, não se ensina valores humanos nas escolas. Juntemos no caldeirão essa ausência de valores humanos nas escolas e nos lares (os pais não têm tempo e deixam que a TV ensine aos filhos o que quiser) com a propaganda consumista desenfreada e irresponsável, os programas de péssima qualidade exibindo violência gratuita e ainda nos surpreendemos com o aumento da criminalidade? 

Os políticos corruptos que elegemos são fruto da nossa precária situação. São fruto de uma humanidade corrompida. Sai Baba sempre alertou para o grande perigo de desenvolvermos o intelecto e não desenvolvermos a compaixão. Grande educador que foi, ele disse: “A meta da educação é a formação do caráter. Caráter é a unidade entre pensamento, palavra e ação. O caráter torna a vida imortal. Há quem diga que saber é poder, mas eu digo que caráter é poder”. Ele diz também que o superdesenvolvimento do intelecto sem a estrutura dos valores humanos é como um pássaro de uma asa só. Esses pássaros de uma asa só estão sendo fabricados aos montões e estão aí dirigindo grandes nações. Homens superintelectualizados desprovidos de compaixão, totalmente cegos para as verdades do espírito.

Então, o que fazer diante disso?

Primeiro, precisamos nos conscientizar de que a responsabilidade sobre o mundo também é nossa. Somos coparticipantes desse teatro. Os que se conscientizam de toda a insanidade provocada pelo consumismo, devem alertar os outros, principalmente pelo exemplo. O planeta está se esvaindo em seus recursos naturais devido ao consumo desenfreado. Se houvesse um mínimo de reflexão, bastaria uma verificada nas estatísticas para nos provocar assombro e mudança. Por que a maioria não se assombra? Porque está hipnotizada. Somos uma manada de autômatos, marchando cada vez mais velozmente para o abismo.


O que estamos esperando? Olhemos para nós, para nossa vida diária. Façamos uma varredura no que podemos mudar. O Iphone 5 que almejamos poderá nos oferecer alguns instantes de alegria. Mas o momento de amadurecer é agora.

(Agradecendo a Maria Luiza Brandalise o envio da foto, muito oportuno).